Gêneros Literários #2: Stonepunk

A primeira postagem, sobre silkpunk, teve uma recepção muito boa, e espero que seja útil para quem adora a cultura oriental, assim como eu. E que o deste segundo texto da série possa ser tão bem aceito quanto o anterior.

Primal by vgwallpapers
Stonepunk, segundo o verbete do site TV Tropes (em inglês), "é um subgênero do gênero de ficção científica" que "se concentra em desenvolvimentos pré-tecnológicos em tempos pré-históricos, suas justaposições do mundo moderno com o primitivo e os efeitos de uma forma precoce de tecnologia 'avançada' na sociedade, como Os Flintstones, baseada em materiais primitivos como rocha, fogo, argila, corda, madeira e água".

O site ainda ressalta que, "ao contrário da maioria dos clássicos" que carregam o termo punk, "a Idade da Pedra fornece a inspiração por trás de uma forma modificada de tecnologia baseada nos materiais fornecidos pelos elementos naturais e ambiente circundante", sendo a "tecnologia de bambu", portanto, bem comum.

"Dependendo da configuração, a característica definidora do stonepunk é a representação de invenções e tecnologias modernas, mas feita com materiais primitivos", o que acaba levando a obra a adquirir um aspecto mais inverossímil e, muitas vezes, cômico.

Além dos já citados Os Flinstones, podemos incluir na lista as animações Os Croods, de 2013, e a série A Era do Gelo, de 2002 (mas recomenda-se a partir do segundo filme, lançado em 2006), além de mais de dezenas de filmes em live action, os quais posso citar, por já ter assistido, 10.000 a.C., de 2008, Caveman, de 1981, O Clã do Urso da Caverna, de 1986 (baseado no livro de Jean M. Auel), The People That Time Forgot, de 1977 (também baseado num livro, de autoria de Edgar Rice Burroughs), e A Guerra do Fogo, de 1981.

Na literatura, a série Earth's Children, de Jean M. Auel,  que inclui o romance Clan of the Cave Bear, além de algumas obras de Edgar Rice Burroughs, que criou um mundo peculiar no centro da terra, Pellucidar, sendo visitado até mesmo por Tarzan, personagem mais famoso de Burroughs.

Por fim, para quem gosta de jogos, Far Cry Primal é uma boa pedida.

0 comentários:

Postar um comentário