28 de fevereiro de 2017

Gêneros Literários #6: Elfpunk

Nas pesquisas sobre gêneros literários, algumas vezes tive a sensação de que, para criar uma aura de ineditismo, pioneirismo ou exclusividade, alguns autores e críticos inventam termos para determinadas obras.

O gênero de hoje é um desses casos.

Punk ElfPunk Elf by Andre2016
Elfpunk é um subgênero da fantasia urbana e derivado do cyberpunk cujas histórias apresentam elfos e fadas (e outras criaturas relacionadas ao povo das fadas: duendes, gnomos, anões, etc) num ambiente urbano moderno. Embora pareça um termo recente, desde a década de 1980 algumas obras já apresentavam histórias do gênero; entre elas, incluem-se War of the Oaks (1987), de Emma Bull, Gossamer Axe (1987), de Gael Baudino, e The Iron Dragons's Daughter (1993), de Michael Swanwick.

"Durante a cerimônia de premiação dos Prêmios do Livro Nacional de 2007, a juíza Elizabeth Partridge expôs sobre a distinção entre elfpunk e fantasia urbana, citando os pensamentos do colega Scott Westerfeld sobre as obras de Holly Black, consideradas elfpunk clássico: 'há a presença de elfos com bastante frequência e fadas e tradição [...], há criaturas suficientes, [...] a fantasia urbana, no entanto, pode ter uma criatura totalmente inventada". [Fonte, em inglês]

Noutro site que consultei, Steamed, além de apresentar algumas obras do gênero, aprofunda um pouco mais na definição do que é elfpunk: "toma elfos e as outras criaturas féericas e os lança numa história contemporânea. Estas histórias são frequentemente sombrias e corajosas". E acrescenta que "não tem lobisomens e vampiros jogados na mistura. Mas pode haver dragões... Também não existem criaturas inventadas", ou seja, "a maior diferença entre fantasia urbana e elfpunk é que" o segundo "só usa criaturas féerocass. Mas elas não precisam ser da persuasão celta, podem ser noruegueses, japoneses, eslavos... as opções são infinitas. As criaturas ficam tão perto dos mitos originais quanto possível e quaisquer diferenças são explicadas como parte da construção do mundo. Isso significa que quando você escreve elfpunk, você tem que fazer sua pesquisa completam".

"Elfpunk não é sempre uma distopia como o cyberpunk, mas há muitas vezes temas de rebelião, de luta contra a sociedade e normas sociais desafiadoras. Essas histórias podem ficar sombrias e corajosas."

Infelizmente, por ora, ficarei devendo sugestões de filmes, mas... talvez valha uma olhada em Hellboy II: The Golden Army, de 2008.

0 comentários:

Postar um comentário