Gêneros Literários #14: Ficção Mítica

Já tentei abordar por aqui o quanto o folclore e a mitologia podem influenciar e inspirar positivamente a literatura fantástica, em especial a fantasia, oferecendo infinidades de criaturas, temas, símbolos e histórias que podem ser revisitadas e recontadas ou apenas servirem de material-base. E seguindo em nossa longa jornada pelos gêneros literários conhecidos ou nem tanto, vamos iniciar alguns passeios por alguns que usam elementos mitológicos para criar aventuras.

Mythic Heroes by DenmanRooke
A ficção mítica (ou mythic fiction, em inglês) "é a literatura que está enraizada, inspirada ou que de alguma forma" faz uso "dos tropos, temas e simbolismo de mitos, lendas, folclore e contos de fadas. O termo é amplamente creditado a Charles de Lint e Terri Windling. A ficção mítica se sobrepõe à fantasia urbana e os termos são usados ​​às vezes indistintamente, mas a ficção mítica inclui também trabalhos contemporâneos em cenários não-urbanos".

"Windling promoveu a ficção mítica como co-editor (com Ellen Datlow) anualmente com volumes de The Year's Best Fantasy and Horror, durante dezesseis anos, e como editor do Journal of Mythic Arts."

"Embora a ficção mítica possa ser vagamente baseada na mitologia, freqüentemente usa personagens mitológicos conhecidos e arquétipos (como o malandro ou o trovador). Isso contrasta com a mitopeia, como as obras de J. R. R. Tolkien, que inventam suas próprias lendas e folclore ou oferecem panteões totalmente novos." [Fonte, em inglês]

Mythic Magic Items by DenmanRooke
No Goodreads, há uma lista de obras que se encaixam na fantasia mítica, incluindo as HQs Sandman e o livro Deuses Americanos, ambas criações de Neil Gaiman, as séries infantojuvenis Percy Jackson, de Rick Riordan, e Harry Potter, de J. K. Rowling.