Arte do Dia #464

Recentemente, descobri a existência da seguinte ilustração, inspirada em A Sociedade do Anel, primeiro volume da trilogia O Senhor dos Anéis, de J. R. R. Tolkien.


Ryan Pancoast, o artista desta linda imagem, criou Frontier Fantasy, que, segundo suas palavras, "é o cenário para a arte que eu produzo fora do meu trabalho de ilustração regular. É um ocidente americano que poderia ter acontecido, ocorrendo no equivalente ao período 1800-1850. Na Frontier Fantasy, não há uma verdadeira história tecida na ficção. Não há países, figuras, eventos, religiões ou mitos reais. Esta é a mitologia separada da verdade tal como a conhecemos, onde bestas fantásticas, animais e seres humanos têm uma relação única em uma vasta paisagem".








Num financiamento coletivo, Ryan Pancoast buscou apoio para publicar a versão impressa de Common Ground, "a primeira história completa da Frontier Fantasy. É uma história de descoberta, amizade e a capacidade das gerações mais jovens para se afastarem dos preconceitos dos antigos. Eu soltei Common Ground como um álbum na minha página do Facebook em dezembro de 2016, onde obteve muita atenção e muitas perguntas sobre uma versão impressa". O livro foi planejado em capa dura contendo "30 ilustrações originais, pintadas com tinta da Índia e toques de giz branco e gouache em papel tonificado. Esta é uma história contada principalmente em imagens; o único texto é o início e o final da história. Nesta versão impressa, incluí também uma página extra que fornece um pouco mais de informações básicas sobre o Frontier Fantasy".


Quando compartilhei a primeira imagem deste post, expressei minha vontade de ler algo assim, afinal são elementos da cultura norte-americana numa história de fantasia! Alguns amigos me sugeriram escrever algo assim, mas, bem, acho que Ryan Pancoast já fez e está fazendo.

Abaixo, mais ilustrações (informações sobre este cenário podem ser conferidas no álbum no Imgur).