Gêneros Literários #19: Bugpunk

Muitas vezes, em especial nos com sufixo punk, os gêneros e subgêneros da literatura fantástica parecem ser nada mais, nada menos do que uma necessidade de classificar uma obra ou um conjunto de obras como algo inovador e único, pois diversas características que tornam aquele gênero o que é pode ser encontrar noutro, anterior.

Embora o gênero a seguir se enquadre na necessidade de tornar uma obra algo único, trata-se de uma inovação bastante interessante, que possui alguns exemplos aqui e ali na cultura pop.

Beetle Boi by arvalis
Infelizmente, como gênero literário recente, o bugpunk sofre de pouca informação sobre o que é e quais elementos o formam.

Uma das poucas fontes sobre o bugpunk, o site LitReactor, nos diz o seguinte:

"Parece um gênero criado para filmes de Cronenberg, mas isso é uma mistura de cyberpunk, biopunk e fantasia que resultou em um subgênero profano e totalmente incrível. Ou talvez seja um subsubgênero. Quem sabe. Tudo o que sabemos é que Kameron Hurley criou esse estilo em que os insetos aparecem com destaque e são aumentados pela tecnologia, ou talvez eles sejam usados para aumentar a tecnologia. De qualquer forma, é fascinante."

Na Wikipédia, em inglês, encontramos mais algumas pistas sobre esse fascinante e pouco conhecido gênero:

"Sua primeira trilogia de romance, Bel Dame Apocrypha, é o que Hurley chamou de bugpunk: ambientada em um futuro planeta deserto cuja tecnologia é baseada em insetos e as culturas matriarcais, inspiradas pelo Islã, estão encerradas em uma guerra perpétua."

Desta forma, podemos incluir o personagem Homem-Formiga como candidato ao bugpunk e ainda citar o mangá/anime/filme live action Terra Formars, uma vez que temos uma civilização marciana de baratas mutantes e exploradores humanos que fazem uso de uma tecnologia que replica as habilidades de insetos, permitindo a eles lutarem contra as criaturas em Marte. 

Cena do filme Terra Formars, de 2016.

2 comentários:

  1. Fiquei pensando se o Heinlein, com Tropas Estelares poderia se encaixar nesse subsubgênero, mas os insetos da história não são alterados tecnologicamente... estou em dúvida... hmmmm! Muito bom o blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Usando a imaginação livremente, sim. Mas acho que StarCraft se encaixe mais. Tem toda uma tecnologia com insetos lá.

      E obrigado, tendo fazer o possível pra manter isso aqui em ordem.

      Excluir