[Fábula] A Raposa e o Verme

Há muito tempo, quando eu ainda engatinhava na carreira de escritor, adorava escrever coisas bem curtinhas, e algumas dessas coisas eram fábulas.

O texto a seguir, por exemplo, é de 4 de outubro de 2012. Se eu não estiver enganado, foi um momento de minha vida que eu estava muito, mas muito deprimido e com um pessimismo absurdo.


Certa vez, numa floresta, uma raposa se gabava de ser o animal mais esperto. Gabava-se tanto que se descuidou da altura em que se encontrava e caiu do galho da árvore, morrendo ao quebrar o pescoço.


Um verme, que já se aproximava do morto, falou:

"De nada valem tantas vanglórias acerca de esperteza, se no final todos serão igualados depois da morte, servindo de banquete a nós, os seres rastejantes."

0 comentários:

Postar um comentário