"A Lição das Uvas" e as histórias dos Guardiões das Letras

Capa assinada pela Laura SaintCroix
Esta semana, a fábula A Lição das Uvas, escrita pela Bruny Guedes, que foi a editora de A Jornada para Encontrar a Felicidade da Mamãe, estreou na Amazon. Na trama, "Radolfo, o pequeno rato branco e Guardião das Letras, precisa cumprir uma importante e complicada missão: ajudar a raposa Yulli a saborear algumas uvas verdes. Incapaz de realizar tal tarefa sozinho e confiante na bondade dos animais de outras famosas fábulas, ele parte em uma pequena excursão, mas não imaginava que a coisa poderia ser mais difícil do que supunha".

Trata-se de uma história infantil com um dos personagens recorrentes nos contos e na novela protagonizada por Rube, bebendo de três fábulas antigas e muito conhecidas de inúmeros leitores. Sou suspeito demais para ficar aqui tecendo elogios, mas garanto que é uma leitura leve, divertida e com uma linda lição moral, afinal estamos falando de uma fábula contemporânea.

Meu desejo, inicialmente, era escrever apenas os contos da Rube e alguns dos Guardiões das Letras, para explicar melhor o conceito sobre os seres que guardam todas as histórias do Universo. Quando a primeira novela da trilogia infantojuvenil estava em desenvolvimento, ficou evidente que eu não conseguiria explorar muito dos conceitos dos Guardiões, então conversei com a Bruny sobre a vontade de expandir a mitologia literária em contos e noveletas. E ela se empolgou e me perguntou se poderia escrever algo.

Bem, eu não sei exatamente quantos contos a série Contos dos Guardiões das Letras terá, afinal já ando comprometido com Paracosmos, que ainda deve render mais três ou quatro histórias, além de alguns curtos derivados. Mas vai acontecer, até porque existem outros contos, já escritos, sobre outros personagens que devem dar as caras nos dois volumes seguintes da trilogia.

Por ora, deixei nas mãos de fadas da Bruny escrever algumas histórias, e, a julgar por essa estreia tanto do projeto quanto dela, vem muita coisa boa por aí.

0 comentários:

Postar um comentário