PseudoCrítica #8: Mulgoe [Monstrum] (2018)


SINOPSE:
Yoon Gyeom é um sujeito leal do rei Jung Jong de Joseon. Ele luta contra um monstro que ameaça a vida do rei Jung Jong e um grupo de pessoas tentando depôr o rei.

O cinema sul-coreano anda, cada vez mais, expandindo as possibilidades de histórias, e uma tendência é a de mesclar gêneros para apresentar um conto específico. E mesmo quem não conhece quase nada ou absolutamente nada da história sul-coreana, ou seu folclore, pode ser brindado com produções muito interessantes.

Monstrum, como é conhecido internacionalmente, vale-se de um registro verdadeiro, sobre o estranho "caso real que ocorreu em 1527. O rei Jungjong mudou-se para outro lugar para evitar um monstro que apareceu no palácio". Aparentemente, ninguém sabe o que era a tal criatura, e é em cima desse mistério que o filme se sustenta.

Se correr, o Monstrum pea. Se ficar, o Monstrum come.
A meu ver o maior problema do filme está no contraste entre o que é apresentado em tela e o que foi vendido em trailers: se o primeiro e parte do segundo atos brincam com o espectador, fazendo-o duvidar da existência do monstro, a divulgação praticamente entrega muito da criatura (mas nem de longe revela as melhores cenas).

Tirando esse defeito, o que temos a seguir é uma história de ação, aventura, comédia e fantasia situada num período histórico, pelo que descobri, bastante próspero a superstições (a epidemia que aparece como pano de fundo no filme, por sinal, é a mesma que serve para a série Kingdom).

Se você já assistiu a algum filme sobre pessoas caçando animais selvagens e assassinos, Monstrum não foge muito dessa fórmula, mas entrega um material sólido e divertido, com cenas de combates quase sem cortes, num único plano, sanguinolência de primeira e um grupo de protagonistas que cada um se destaca por suas habilidades.

"Tá com a peste!"
Ainda que o final pareça um pouco covarde por buscar uma solução mais feliz, é um filme que indico bastante, mesmo que não seja o mais notório produto do cinema da Coreia do Sul.

Curiosidade: segundo o Bloody Disgusting, o visual da criatura lembra bastante o do haetae. Admito que não o conhecia.

0 comentários:

Postar um comentário